Pular para o conteúdo principal

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE ESTOQUE



A empresa que almeja ter sucesso é preciso ter planejamento. Este consiste em criar um plano, métodos, para otimizar um determinado objetivo. Desta forma, a empresa seja qual for o seu tamanho é preciso ter PLANEJAMENTO EM SUA GESTÃO
Na gestão de um negócio a preparação, a organização e a estruturação de qualquer objetivo são fundamentais, não só para o crescimento sustentável, mas até mesmo para sua própria sobrevivência. Sendo assim, em todas as atividades desempenhadas pela empresa o gestor tem que ter este controle da forma mais organizada e detalhada possível, para que tenha maior ASSERTIVIDADE e EFICÁCIA na tomada de decisões.

GESTÃO DO ESTOQUE

Uma destas atividades a serem gerenciadas é o estoque. Este é primordial para o sucesso de qualquer empresa, seja em qualquer segmento. Em função disto a compra e a venda devem estar em equilíbrio, pois reduzindo ao máximo as quantidades de produtos, sem no entanto, deixar que o mesmos faltem contribui para aumentar o capital de giro, reduzir os custos e ampliar o desempenho operacional da empresa.
Na agricultura a gestão de estoque passou a ser fundamental para que o produtor rural possa ter melhor qualidade dos seus produtos, bem como maior PRODUTIVIDADE de sua atividade e consequentemente MAIORES LUCROS. Esse controle de estoque na agricultura pode–se citar: os defensivos, os fertilizantes, as sementes, bem como a colheita. Todos estes exigem um cuidado especial no armazenamento e consequentemente há um gasto para isto.

UTILIZAÇÃO DE UM SISTEMA

O planejamento deverá ter registrado todas as entradas e saídas de produtos. Nesses, deverá conter a data, quantidade, validade (caso haja necessidade), bem como se possível a estimativa da melhor época para a venda do produto. Esta se torna um grande diferencial na busca da maximização do lucro do PRODUTOR RURAL. Para isto torna-se fundamental a utilização de um sistema em que se possa ter a gestão, o planejamento da atividade, o controle financeiro, as informações sobre as melhores épocas para a venda do produto, bem como o controle do estoque. 
Há de se destacar que no controle de estoque é necessário analisar os vários sistemas de custeio, que são métodos de utilização para apuração e apropriação dos custos do produto, isto é, uma ferramenta auxiliar da contabilidade de custos. Esta contribui para que a empresa rural entenda sobre seus custos e como ele se comporta, seu desempenho, como eliminar desperdícios, bem como decidir quais produtos produzir a mais. 

NOSSO SISTEMA, O AGROSIMULADOR

Desta forma, quando se tem uma ferramenta para monitorar o estoque a consequência é o aumento dos ganhos financeiros através de uma gestão mais profissional em sua propriedade rural. O sistema AGROSIMULADOR além de fazer a gestão financeira, do manejo, também tem o controle do estoque. 
Conheça nosso sistema, cadastra-se para que depois você tenha acesso à ferramenta ideal para ter a melhor EFICIÊNCIA e LUCRATIVIDADE na gestão da PROPRIEDADE RURAL.

Frederico Santos Damasceno
Economista - AgroSimulador

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO EM 2019

Passada as eleições, com a vitória de Bolsonaro e com boa parte do congresso sendo renovada, além da renovação do otimismo por parte dos brasileiros neste ano que se inicia, é hora de planejarmos o ano para que todos os planos possam ser concretizados.

Em função disto, deve-se ressaltar que a eleição do novo presidente teve apoio de boa parte dos agricultores e de entidades de classe ligadas a eles, bem como da Frente Parlamentar da Agropecuária, que reúne aproximadamente 260 deputados federais, além de senadores. No ministério da Agricultura tem-se a produtora rural e agrônoma Tereza Cristina, formada pela Universidade Federal de Viçosa, que tem larga experiência politica e empresarial.

De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) o país deve crescer 2% este ano em relação a 2018. Neste sentido, merece destacar o aumento da produção de grãos que será ainda maior do que no ano passado, que foi de 228 milhões de toneladas, com destaque para a produção de soja qu…

A INFLUÊNCIA DA GRIPE SUÍNA AFRICANA NOS MERCADOS DE PROTEÍNA ANIMAL E GRÃOS

Gripe suína africana na China
A China descobriu em 03/08/2018 o primeiro foco da gripe suína africana em seus animais. Como são o maior produtor mundial de suínos, fechando 2018 com uma produção de 700 milhões de suínos, qualquer problema gera grandes impactos na oferta desta proteína. A China vem sofrendo drástica redução na oferta de carne suína. As tentativas de controle da disseminação da gripe suína africana, tem exigido o abatimento dos plantéis nas áreas com foco da doença. Até a detecção dos primeiros casos, o plantel chinês de suínos era de 350 milhões. Hoje, estima-se que 10% do plantel já foi abatido, reduzindo drasticamente a oferta interna desta proteína. No rebanho de matrizes o efeito foi ainda maior, com 21% do plantel já abatido, fechando o ano de 2018 com 30 milhões de matrizes. Isso acarretará em redução de produção nos próximos 6 meses e redução na recomposição dos planteis após a doença ser controlada.
Preferências do consumidor
Mesmo sem ser prejudicial aos humanos…